Rua Garibaldi 444, sala 201

Caxias do Sul- RS, 95080-190

📞(54) 3536-7773 / (telefone)
📲 (54) 99169-8306 (whatsapp)

Segunda- Sexta: 08:30 - 18:00

notícias:

A Clínica Zucchetto está, sempre, de olho nas novidades do mundo da oftalmologia. Acompanhe algumas das maiores notícias e adentre neste mundo conosco, com a qualidade, conhecida, que sempre prestamos nossos serviços.

Quais são os cuidados após uma cirurgia de catarata?

cirurgia de catarata

No caso da cirurgia de catarata, o correto uso dos colírios, ausência de esforço físico excessivo e não manipular objetos contaminados,

ou seja, o bom cuidado pós-operatório é condição fundamental para o sucesso do procedimento cirúrgico.

O bom resultado cirúrgico de qualquer cirurgia se dá em 3 etapas:

– Bom planejamento cirúrgico pré operatório;

– Boa técnica durante o ato cirúrgico;

– Bom cuidado pós operatório.

são importantes fatores para que o resultado visual traga satisfação ao paciente.

Sempre digo aos meus pacientes que a cirurgia de catarata é feita em duas etapas: uma no bloco cirúrgico, pelo médico, e outra em casa, pelo próprio paciente.

É fundamental que o paciente utilize corretamente os colírios prescritos na receita, evite fazer esforço físico, e não se exponha a contaminações por um período após a cirurgia.

A boa recuperação ocular depende muito dos cuidados pós-operatórios.

Quando realizamos a cirurgia de catarata, podemos ter diferentes períodos de recuperação, dependendo da intensidade da catarata operada. Quando a catarata é inicial, já no dia seguinte, ou em poucos dias, a visão já está muito boa.

Agora se o paciente espera muito tempo para operar, e faz a cirurgia com a catarata muito avançada, o período de recuperação é mais longo, podendo perdurar por algumas semanas.

Um outro fator importante, é nunca deixarmos a catarata evoluir muito para operar.

Sabe-se que a cirurgia feita em um momento correto, ou seja, no início, tem um resultado visual muito melhor, além de uma recuperação bem mais rápida.

O paciente fica muito mais satisfeito com o resultado da cirurgia feita no momento adequado.

Porém, se não operarmos, a catarata vai evoluir, e o risco de perdermos a visão com a catarata avançada é 100%. Ou seja, o risco de ficarmos cegos, fazendo a cirurgia, é muito menor que se não fizermos.

Categorias

Fique por dentro!

Veja as novidades:

O OUTONO E A DOENÇA OCULAR.

O outono é a estação do ano que traz como características a pouca incidência de chuva, o ar seco e as mudanças de temperatura repentinas. Tais características, por vezes, acabam por agravar doenças respiratórias e provocar irritações alérgicas, inclusive, as oculares.

SAIBA MAIS »

BLEFAROPLASTIA – CIRURGIA DE PÁLPEBRAS

A Blefaroplastia é uma cirurgia que tem como objetivo corrigir as pálpebras, tanto na parte superior dos olhos quanto na inferior. Este procedimento cirúrgico visa reparar a estética e a funcionalidade das pálpebras ao retirar o excesso de pele e as bolsas de gordura ao redor dos olhos, além de melhor posicionar as pálpebras e remover rugas.

SAIBA MAIS »

Coristoma Ocular

O coristoma é uma massa de tecido normal, presente em localização anormal. Em geral, os mesmos não crescem, ou crescem muito pouco. São lesões congênitas comuns e benignas, em sua maioria, que podem ser diagnosticados a partir da infância. O tratamento, em geral, consiste na observação ou retirada através de cirurgia.

SAIBA MAIS »

GLAUCOMA CONGÊNITO INFANTIL

O glaucoma primário infantil é um defeito congênito raro que impede que o líquido seja drenado de maneira apropriada da parte frontal do olho. Esse bloqueio aumenta a pressão ocular, o que, se deixado sem tratamento, pode causar cegueira completa.

SAIBA MAIS »

Glaucoma pode provocar cegueira irreversível.

Glaucoma é uma doença ocular que, se não tratada, pode provocar cegueira irreversível. Causada prelo aumento da pressão intraocular, seus sintomas são silenciosos e ela atinge, especialmente, pessoas acima dos 40 anos.

SAIBA MAIS »

A Saúde Ocular e as Flutuações Hormonais na Mulher

Pesquisas apontam que, apesar das doenças oculares atingirem homens e mulheres igualmente, são elas as mais prejudicadas com as doenças na visão em razão das flutuações hormonais. Além disso, algumas destas doenças incidem mais no sexo feminino, entre elas, a catarata e o olho seco, que afeta principalmente grávidas e mulheres na menopausa.

SAIBA MAIS »

Gostou do conteúdo?

Compartilhe nas Redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Open chat
Olá!
Como Podemos lhe Ajudar?
😊
Powered by