Rua Garibaldi 444, sala 201

Caxias do Sul- RS, 95080-190

📞(54) 3536-7773 / (telefone)
📲 (54) 99169-8306 (whatsapp)

Segunda- Sexta: 08:30 - 18:00

notícias:

A Clínica Zucchetto está, sempre, de olho nas novidades do mundo da oftalmologia. Acompanhe algumas das maiores notícias e adentre neste mundo conosco, com a qualidade, conhecida, que sempre prestamos nossos serviços.

BLEFAROPLASTIA – CIRURGIA DE PÁLPEBRAS

casal sorrindo

Blefaroplastia , procedimento que recupera a beleza, a jovialidade e a funcionalidade das pálpebras, está cada vez mais comum entre homens e mulheres de diferentes faixas etárias. Esta cirurgia é indicada em caso de flacidez das pálpebras ou quando existem bolsas de gordura e pele embaixo dos olhos, causando a aparência de cansaço ou envelhecimento que se tornam mais visíveis com o tempo.

blefaroplastia

O QUE É BLEFAROPLASTIA? 

A Blefaroplastia é uma cirurgia que tem como objetivo corrigir as pálpebras, tanto na parte superior dos olhos quanto na inferior. Este procedimento cirúrgico visa reparar a estética e a funcionalidade das pálpebras ao retirar o excesso de pele e as bolsas de gordura ao redor dos olhos. Além disso, posiciona melhor as pálpebras e remove as rugas. 

Em geral, o procedimento leva entre 40 minutos e 1 hora e é feito, na maioria das vezes, com anestesia local por sedação. No entanto, pode ser realizado sob anestesia geral em caso de preferência do paciente.

Importante destacar que o efeito da plástica palpebral é localizado e não garante o rejuvenescimento completo do rosto. Entretanto , outras técnicas podem ser associadas ao procedimento, tais como o lifting facial ou de sobrancelhas, os preenchimentos com materiais biodegradáveis e a aplicação de toxina botulínica. Cada caso é único, portanto somente o médico poderá determinar qual o melhor procedimento para cada paciente.

blefaroplastia

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA BLEFAROPLASTIA

A Blefaroplastia é uma intervenção simples que pode proporcionar inúmeros benefícios aos pacientes. Os principais são:

  • Eliminação do cansaço e da tristeza do olhar;
  • Diminuição das bolsas de gordura dos olhos;
  • Aumento da autoestima;
  • Rejuvenescimento e suavidade à pele;
  • Melhora da aparência visual;
  • Redução de rugas;
  • Minimização das olheiras;
  • Resultados mais duradouros. 

COMO A CIRURGIA É REALIZADA? 

Na cirurgia tradicional, o médico delimita o local em que será realizado o procedimento na pálpebra superior, inferior ou nas duas. Em seguida, faz os cortes nas áreas delimitadas para retirar o excesso de pele e gordura e, logo a seguir, costurar a pele. Na pálpebra superior, as incisões são feitas no côncavo, acompanhando a dobra das pálpebras. Já na pálpebra inferior, são feitas próximo à implantação dos cílios, acompanhando o traço natural do olho.

blefaroplastia

A cicatriz gerada é simples e fina, facilmente escondida nas dobras da pele ou sob os cílios. Logo após o procedimento, o paciente pode ficar no hospital por algumas horas, sendo liberado para casa com algumas recomendações.

Na cirurgia a laser, o procedimento se assemelha ao tradicional para demarcar o local em que será realizada a cirurgia, porém é utilizado o laser CO2 para cortar a pele e cauterizar os vasos. O objetivo de utilizar tal ferramenta é reduzir o sangramento e os hematomas, amenizando o inchaço no pós-operatório. O diferencial do laser é que ele permite uma cicatriz quase imperceptível pelo fato do procedimento ser menos invasivo que o tradicional. A alta do paciente ocorre da mesma forma que a cirurgia tradicional.

E O RESULTADO DEFINITIVO? QUANDO APARECE?

Após o oitavo dia da realização do procedimento, já será possível perceber melhora do resultado. Posteriormente, nas semanas subsequentes, a melhora é acentuada. Na maioria dos casos, o resultado final se dá após o terceiro mês. Certamente, ele dependerá de alguns cuidados fundamentais após a cirurgia.

A região das pálpebras, já que tem a pele muito fina e cheia de veias, sofre inchaço e fica com coloração arroxeada após o procedimento; isso é normal por alguns dias. Entretanto, para controlar estes e outros efeitos da cirurgia, indica-se:

  • Nas primeiras 24/48 horas, é importante fazer compressas frias para amenizar o inchaço. Normalmente, após três dias, já é perceptível a melhora neste aspecto;
  • Dormir com a cabeça elevada com travesseiro sobre o pescoço e o tronco por 15 dias;
  • Evitar massagear, coçar ou fazer qualquer manipulação do local;
  • Para as mulheres, não utilizar maquiagem nos olhos;
  • Não fazer nenhum tipo de esforço físico;
  • Evitar a exposição solar, nesta região, por pelo menos 90 dias. Passar protetor solar sempre e utilizar óculos de sol quando sair de casa para proteger da luz solar e garantir uma boa cicatrização.

Um resultado plenamente satisfatório também requer visitas periódicas ao médico cirurgião para realizar revisão. Gostaria de mais informações sobre blefaroplastia? Agende uma consulta e vamos esclarecer suas dúvidas.

Categorias

Fique por dentro!

Veja as novidades:

O OUTONO E A DOENÇA OCULAR.

O outono é a estação do ano que traz como características a pouca incidência de chuva, o ar seco e as mudanças de temperatura repentinas. Tais características, por vezes, acabam por agravar doenças respiratórias e provocar irritações alérgicas, inclusive, as oculares.

SAIBA MAIS »

BLEFAROPLASTIA – CIRURGIA DE PÁLPEBRAS

A Blefaroplastia é uma cirurgia que tem como objetivo corrigir as pálpebras, tanto na parte superior dos olhos quanto na inferior. Este procedimento cirúrgico visa reparar a estética e a funcionalidade das pálpebras ao retirar o excesso de pele e as bolsas de gordura ao redor dos olhos, além de melhor posicionar as pálpebras e remover rugas.

SAIBA MAIS »

Coristoma Ocular

O coristoma é uma massa de tecido normal, presente em localização anormal. Em geral, os mesmos não crescem, ou crescem muito pouco. São lesões congênitas comuns e benignas, em sua maioria, que podem ser diagnosticados a partir da infância. O tratamento, em geral, consiste na observação ou retirada através de cirurgia.

SAIBA MAIS »

GLAUCOMA CONGÊNITO INFANTIL

O glaucoma primário infantil é um defeito congênito raro que impede que o líquido seja drenado de maneira apropriada da parte frontal do olho. Esse bloqueio aumenta a pressão ocular, o que, se deixado sem tratamento, pode causar cegueira completa.

SAIBA MAIS »

Glaucoma pode provocar cegueira irreversível.

Glaucoma é uma doença ocular que, se não tratada, pode provocar cegueira irreversível. Causada prelo aumento da pressão intraocular, seus sintomas são silenciosos e ela atinge, especialmente, pessoas acima dos 40 anos.

SAIBA MAIS »

A Saúde Ocular e as Flutuações Hormonais na Mulher

Pesquisas apontam que, apesar das doenças oculares atingirem homens e mulheres igualmente, são elas as mais prejudicadas com as doenças na visão em razão das flutuações hormonais. Além disso, algumas destas doenças incidem mais no sexo feminino, entre elas, a catarata e o olho seco, que afeta principalmente grávidas e mulheres na menopausa.

SAIBA MAIS »

Gostou do conteúdo?

Compartilhe nas Redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Open chat
Olá!
Como Podemos lhe Ajudar?
😊
Powered by